Travessias Rompendo Limites

Travessias Rompendo Limites

Tudo é travessia. Nós somos travessias. A cada segundo, a cada momento, a cada respiração, fazemos uma travessia e buscamos um sentido para a vida. O tempo todo estamos saindo de um ponto e indo para outro. Às vezes conscientemente, na maioria, inconscientemente.

Nesse caminhar, nessas travessias, captamos o mundo através do corpo e dos sentidos e são eles quem nos colocam presentes no aqui agora, interagindo com o mundo, com o próprio corpo, com a vida. No entanto, a tendência geral é negar o fluxo eterno, é se apegar a uma forma e querer torna –lá fixa, eterna, verdade última. A tendência é negar a travessia, a mudança, cristalizar o ego, a personalidade, o jeito, e não perceber que mudamos o tempo todo, querendo ou não. A tendência geral é trafegar sem sentido ou com sentido que não faz mais sentido quando olhamos nós mesmos séria e profundamente.

A vida é nossa grande travessia. É onde criamos nossa história, onde daremos sentido ao que não tem sentido em si mesma. No meio dessa grande obra, outras menores vão sendo construídas, desconstruídas e reconstruídas, onde podemos honrar e amar nossas travessias, incluindo as mais dolorosas. E assim, criar novos sentidos. Novos caminhos.

E uma grande travessia exige um grande veículo. Do oriente vieram correntes filosóficas-religiosas que se propunham ser um veículo para essa grande travessia, um veículo para dar sentido, ou mesmo guiar à vida.

Mas muitas vezes esses veículos usavam de mecanismos negadores da própria vida. É o mesmo que entrar num barco para atravessar um rio e não querer que gotas respinguem em você. Como veiculo o Tantra é o único que aceita e ainda agradece as gotas de água. Ele aceita as ondas e marolas que nos balançam, assim como o cheiro da água, dos peixes, o sol e se caso vier, a chuva.

Nesse trabalho usamos de meditações ativas, dinâmicas corporais, movimentos  expressivos, dança, técnicas especiais de respiração tudo visando a tornar o corpo e sentidos mais conscientes.

Facilitador

Pashupati Manittu

Graduou-se em Psicologia pela Universidade Federal do Espírito Santo em 2003. Em 2004, especializou-se em Psicoterapia Corporal Reichiana e Neo-Reichiana. No mesmo ano, conheceu o Tantra, que adotou como caminho de vida, e a Comunna Metamorfose, onde certificou-se como Terapeuta Tântrico em Yoni Massagem, Sensitive Massagem, Êxtase Total Massagem, G-Spot Massagem, Terapêutica Tântrica, Renascimento (Rebirthing) e Terapias Integradas de Respiração.

Em 2010 criou e atualmente facilita o NeoSense – Vivência Tântrica e a técnica da Pulsação Tântrica. Ambas têm por objetivo ampliar a capacidade sensitiva, meditativa e orgástica dos participantes.

Além disso, há 6 anos facilita cursos, individuais e em grupo, no método Deva Nishok em todo Brasil.

Formação pela Comunna Metamorfose
  • 2008~2011Formação em Tantra – Método Deva Nishok
  • 2009Formação em Renascimento
  • 2009Formação em Terapias Integradas de Respiração
Atuação
  • Coordenador da Unidade Brasília (Lago Norte)
  • Instrutor de Cursos Individuais e em Grupo de Massagem Tântrica
  • Facilitador do grupo NeoSense – Travessias
  • Atende com Massagem Tântrica – Método Deva Nishok
  • Atende com Terapêutica Tântrica
  • Atende com Renascimento

close
Saiba mais...